terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ponto Retrô - Você se lembra de Enigma?

Olá leitor!!

Você se lembra desta música?



E desta?




Lembrou? Não lembrou?

Talvez, essa aqui:



O responsável por essas obras primas é o tema do nosso Ponto Retrô de hoje. Este é o Enigma, projeto musical criado em 1990 na Alemanha por Michael Cretu, David Fairstein e Peterson Frank. O vocal feminino que aparece em várias músicas é a de Sandra Cretu, esposa de Michael.

Michael Cretu já trabalhava com musica desde meados de 1970, produzindo álbuns de vários artistas. Nos anos 1980, chegou a lançar alguns com seu nome, mas sem sucesso. Em 1990, emplacou com um novo estilo New Age. Surgia o Enigma. Em dezembro do mesmo ano, lança o primeiro álbum MCMXC a.D, com o single “Sadeness”(part I), uma mistura quase hipnótica e alucinógena de cantos gregorianos, gemidos (de Sandra), e uma batida dançante bem característica daquela época. Com medo de críticas principalmente da Igreja Católica, Michael decidiu ocultar seu nome e assinou a obra como M.C. Curly. A capa do disco também ocultou várias informações do grupo, criando na época várias especulações de quem seriam o autor (ou autores) daquele som exótico, e provocador.

Em seguida, foi lançado "The Cross of Changes" (A Cruz das Mudanças, ou Cruzamento das Mudanças), alcançando sucesso com o hit "Return to Innocence", vendendo mais de 6 milhões de cópias em um ano. Neste álbum, além das batidas sensuais, há também a presença de cantos hindus e orações indianas. Esse álbum, segundo a Last.fm, foi o que teve mais faixas utilizadas em filmes e campanhas publicitárias. "The Eyes of Truth", por exemplo, foi usada no filme "Matrix" em 1999.

Em 1996, veio "Le Roi Est Mort, Vive Le Roi!" (O Rei Está Morto, Viva o Rei!), que sintetizava os elementos dos dois álbuns anteriores. Porém, mesmo com os singles "Beyond the Invisible" e "T.N.T For The Brain" alcançando êxito e ganhando remixes de djs na Alemanha, o álbum em si não alcançou o sucesso e a repercussão esperada.

Em 2000, "The Screen Behind The Mirror" (A tela atrás do espelho), vem com amostras de Carmina Burana de Carl Orff (famoso compositor alemão que viveu entre 1895 e 1982) em quatro faixas do álbum. Carmina Burana, segundo o Wikipedia, são textos poéticos de monges e “eruditos errantes”, escritos em latim medieval, contidos em um importante manuscrito do século XIII, o Codex Latinus Monacensis, encontrados em um mosteiro da Baviera, Alemanha, em 1803, e revisitado por Carl Orff em 1937. O album também conta com a presença de flautas, de Shakuhachi. Como singles, teve, "Gravity of Love” e “Push the Limits” e marca a entrada de o cantor Andru Donalds no Enigma.

Em 2001, Cretu lançou o single “Turn Around” junto com a compilação "Love Sensuality Devotion - The Greatest Hits" e "Love Sensuality Devotion - The Remixes".

Em 2003, "Voyageur" (Viajante), vem com uma mistura de todos os elementos anteriores, mas muito mais eletrônico e dançante. Segundo o Last.fm, ele causou uma certa estranheza aos ouvidos aos fãs e isso afetou as vendas.

Em 2006, o Enigma lança, com atraso de quase 1 ano, o single “Hello and Welcome”, dedicado ao boxeador alemão, "Felix Sturm". No mesmo ano, surge o álbum "A Posteriori", com destaque, segundo a Last.fm, para "Eppur Si Muove" e "Goodbye Milky Way". É considerado o mais sombrio do projeto, com o tema da destruição da via-láctea, e uma relfexão da dualidade vida/morte, claro/escuro, criação/destruição do cosmos, etc. A novidade principal aqui é que não há a temática sexual, mas continua muito dançante.

Segundo o site RRaul, o Enigma lançou em 2008 o álbum “Seven Lifes Many Faces”, tendo inicialmente dois singles: "La Puerta del Cielo" e "Seven Lifes". O album, segundo o site, preserva as mesmas características anteriores, mas ao ouvir musicas como “The Same Parents” e The Language Of Sound”, lembram as batidas de black, bem característico da década, porém, a essência reflexiva permanece a mesma. Em "Touchness", percebe-se a volta as sensualidade nas musicas. Alias, o clipe é bem... como posso dizer, provocante.

E por fim, segundo os blogs “Druida do Vento” e “Deutsche Bands”, em dezembro de 2010, o Enigma lançou o MMX (The Social Song), em comemoração aos 20 anos do projeto. O legal deste é que foi produzido com a ajuda dos fãs (inclusive dois brasileiros), que mandaram vocais, sugestões de capas e estilos musicais para o site oficial. Para informações recentes sobre eles, recomendo principalmente o acesso a esses dois últimos blogs que citei, pois dão detalhes sobre o MMX e até acesso direto à ao projeto pelas redes sociais.

Michael Cretu, em foto recente, criador do Enigma

O Enigma existe até hoje, tendo como atuais integrantes, Michael Cretu, Sandra Cretu, Frank Peterson, David Fairstein, Peter Cornelius e Jens Gad. Como o Enigma não é uma banda, mas sim um projeto musical, vários músicos são convidados para participar de suas produções. Em "Return to Innocence", por exemplo, os vocais são de "The Angel X".

Segundo o Wikipedia, "Michael Cretu é extremamente caseiro e, reside atualmente em Ibiza (Eivissa), Espanha. Morava em outro local, nos montes de Ibiza, onde, até recentemente, funcionaram os estúdios de A.R.T. Mudou-se para uma outra mansão, construída com a finalidade de comportar um mega estúdio de gravação avançado (com o mesmo nome do anterior), para poder trabalhar em paz." Esse estúdio aparece em um vídeo recente gravado pelo próprio Michael no site oficial da banda: http://www.enigma.de/

Ainda segundo o Wikipedia, "Michael Cretu está sob contrato com a "Virgin Records" para lançar um total de oito álbuns, com o prazo de um a cada três anos. Seguindo o prazo atual, se prevê que o último álbum do Enigma será lançado em 2012."

Abaixo, "The Social Song", do album mais recente da banda, MMX – The Social Song




Espero que tenha gostado de mais essa sessão Ponto Retrô!!

Até a próxima, aqui, no blog Ponto Três.

Danilo Moreira


FONTES:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Enigma_%28projeto_musical%29

http://www.lastfm.com.br/music/Enigma

http://www.worldlingo.com/ma/enwiki/pt/Enigma_%28musical_project%29

http://pt.wikipedia.org/wiki/Carl_Orff

http://pt.wikipedia.org/wiki/Carmina_Burana

http://rraurl.com/cena/5610/

http://druidadovento.blogspot.com/2010/12/xx-dnigm-domini.html

http://dbands.com.br/blog/2010/12/mmx-remix-em-comemorao-aos-20-anos-de-enigma/

Gostou do blog, então, não o perca de vista. Assine o feed, adicione nos seus favoritos ou seja um seguidor. Obrigado pela visita ao Ponto Três.

FOTO:
http://simbologiamaldita.blogspot.com/2009/02/enigma_3066.html

2 comentários:

Márcio disse...

É Danilo, parabéns cara!
Nos anos 90 quando a 89fm era rádio rock, lançou uma revista que eu adorava ler, era exatamente a minha "praia", pois lá haviam assuntos como estes. Notícias do universo do rock e musical, entre outros. Tudo isso é apenas para justificar o que direi a seguir.
Olha este texto está tão bom e até diria melhor do que muitas reportagens que li no mundo da música, você possibilitou uma viagem alucinante no tempo e conhecimento sobre essa banda.
E poder ler ouvindo o som da banda só aumenta ainda mais a sensação prazerosa com esta breve reportagem.
Com licensa da palavra, ESSA FOI FODA! BOM DE MAIS! PARABÉNS!!!

Marcelo A. disse...

Cara, eu adorava o Enigma! Deu até saudade dos anos 90 aqui... Acredita que até me veio a Claudia Ohana dançando na Praça de São Marcos, no primeiro capítulo de VAMP? Hehehe! Muito foda, velho, como todas as suas postagens, aliás!

Abração e não suma! Saudade de você!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...