sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Obrigado, 2010!!



Olá leitor!

Tenho percebido uma coisa. Por mais que eu procure postar sobre Natal e Ano Novo, sempre acabo postando depois. Às, vezes, dois dias depois. A fim de quebrar essa “tradição”, resolvi hoje escrever sobre a virada do ano.

2010. Sou grato por esse ano. Muitas histórias para contar. Muitas surpresas boas.

Saí de Relações Públicas. Mudei para Jornalismo. Fiz a minha primeira reportagem. Meus textos foram elogiados por um professor, um jornalista e uma escritora. Passei a escrever em mais um blog. Terminei praticamente de digitar os meus contos. Conheci gente nova. Ralei duro nos trabalhos da faculdade. Senti falta de muitas pessoas. Surtei em alguns momentos. Chorei por dores que, mesmo fazendo parte de páginas cada vez mais ultrapassadas, em alguns momentos, sob a força do vento escuro, voltaram a abalar as minhas estruturas. Coloquei um piercing no tragus.

Vi amigos se tornarem mais amigos. Outros amigos, se tornarem meras pessoas. Outros, mera página virada. Ganhei novos amigos. Senti o carinho e o conforto de vários deles quando precisei. Senti a indiferença de quem não esperava. Recebi um ombro de quem menos imaginava. Ajudei e fui ouvido de quem menos esperava. Tive com eles momentos memoráveis, seja na alegria, na tristeza, na doença, e principalmente, nos trabalhos e na loucura.

Voltei a fazer teatro no primeiro semestre. Fiz parte do Grupo Carapuça. Voltei a sentir o prazer de atuar, de ver uma platéia ansiosa para ver um espetáculo, seja no auditório da faculdade, seja no Parque do Ibirapuera.

Sai muito. Bebi muito. Zoei muito. Me diverti ao lado de amigos. Ri muito. Cantei ilariê e a vinheta do Fantástico com amigos e desconhecidos numa esquina do Centro. Tive uma Virada Cultural que ultrapassou os limites do surreal. Vi shows memoráveis como Double You, Ana Carolina e C Jay Ramone. Fui para balada nesse ano em um número que vezes maior do que fui em uma década. Comemorei o meu aniversário em uma delas. Tive meus 15 minutos de fama. Sofri muito por amor em meio às luzes. Surtei de euforia no meio do gelo seco. Fiz metaleiros dançarem Britney Spears, e amantes da cultura japonesa cantarem Chitãozinho & Xororó.

Ano de muito trabalho. Meses de muitos trabalhos. Mudança de grupos. Adaptação com novos grupos. Corrida contra o tempo. Mudança forçada de hábitos. Meses estressantes.

Senti na pele o preço da escolha profissional, não a que eu estudo, mas a que eu me acomodei, e que agora, tento sair antes que ela me engula de vez.

E por fim, não sei mais o que dizer. Estou feliz. Estou grato por tudo que conquistei. Estou renovando as metas daquilo que ainda não consegui. Espero que 2011 seja um ano de muitas conquistas, e que a metamorfose que sinto dentro da minha alma, me conduza a caminhos maduros e desprendidos das amarras que ainda insistem em me carimbar o que não sou.

E por fim, agradeço a todos que fizeram parte da minha vida nesse ano que vai. Obrigado mesmo, por tudo, pois com vocês, de uma forma de outra, eu me tornei uma pessoa muito melhor.

E desejo a vocês, e a você leitor, que 2011 seja um ano de renovações. Que você possa, pelo menos em alguns dias do ano, poder abrir os braços, sentir o coração bater no seu peito, respirar o ar à sua volta, sentir o sangue correr em suas veias, e se fortalecer para continuar correndo atrás dos seus sonhos.

E mais sempre aquele blá blá blá de final de ano: saúde, sucesso, realizações, paz, etc...

Feliz 2011!! Até a próxima!

Danilo Moreira

Gostou do blog? Então, não o perca de vista. Assine o feed, adicione nos seus favoritos ou seja um seguidor. Obrigado pela visita ao Ponto Três!

FOTO: http://essencialparamulheres.blogspot.com/2010/12/mais-um-ano-se-foi.html

6 comentários:

Wander Veroni disse...

Oi Danilo!

Fico feliz de saber que o ano de 2010 foi um ano muito positivo para vc e que vc se encontrou no Jornalismo. Desejo tudo de bom pra vc neste ano que se inicia. Ah, se vier a BH me manda um email (wander.veroni@gmail.com) que vamos nos encontrar sim. Faço questão de lhe mostrar a cidade. Abraço e feliz 2011!

[ rod ] ® disse...

Meu caro amigo. Bom ler-te. Bom saber das suas novidades. Grande Abs e que em 2011 nos encontremos...

Gilson Alves disse...

Amigo Danilo também fiz um balanço de 2010! Faz anos que faço esse ritual e vejo cada vez mais o quanto a vida é surpreendente... Mas é sempre bom sentir o saldo positivo nesse 31 de dezembro. Uma das coisas boas amigo foi ter feito o nosso passeio cultural no meseu. Vamos nos organizar para termos mais momentos assim em 2011. Forte abraço tudo de bom nesse novo hoje!

Gilson Alves
gilsonalvess.blogspot.com

Gilmar Ribeiro (piu!) disse...

2010: o PIOR ano da minha vida.
Réveillon 2011... Família quase toda reunida, alguns amigos, qualquer coisa para comer, muita cerveja, algumas pessoas chatas...
Espero ser muitíssimo feliz em 2011, afinal eu mereço – depois de um ano de cão, eu mereço até ganhar na Mega-Sena (que inclusive joguei no dia 31/12/2010).
Espero, também, que você seja muitíssimo feliz, afinal não sou egoísta e, acima de tudo, você merece ser feliz!
O texto?
Como sempre maravilhoso.
Gosto da maneira que você escreve.
Abração!

Gilson Alves disse...

A proposito amigo, nao é segredo que diversas vezes vc me impulsionou à escrita. Fiz um texto sobre o Final do Ano tb... olha lá:
http://gilsonalvess.blogspot.com/2010/12/o-ano-termina-e-o-ano-comeca.html

Ah! aproveita e segue o preTexto, tenho postado mais nele do que no Filosofaram...

abraço
Gilson Alves
gilsonalvess.blogspot.com

Jéssica Lopes disse...

Esse ano foi realmente surpreendente em mtos sentidos!
Espero q 2011 seja o ano de mtas reallizações pra todos nós....
Ah quero ver vc livre do cadeião!
KKKK!vc sabe q pode contar comigo sempre!!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...