segunda-feira, 2 de março de 2009

Quando o Exército entra em cena


"Cerca de 1.800 soldados chegaram neste sábado à mexicana de Ciudad Juárez para proteger a localidade dos cartéis do narcotráfico, informaram fontes oficiais.

A chegada dos militares faz parte de um contingente de 5.000 policiais federais e militares que patrulhará a cidade a partir da próxima semana. Até o momento, e desde abril de 2008, o estado de Chihuahua, onde fica a cidade, contava com 2.500 soldados e policiais federais que a vigiavam.

Enrique Torres, porta-voz da operação conjunta Chihuahua, informou à Agência Efe que os soldados restantes devem chegar nos próximos dias, mas que não se dará informação a respeito para não atrapalhar os trabalhos das autoridades federais.

A chegada de reforços para fazer cerco à violência foi anunciada esta semana pelo gabinete de segurança federal, integrado pelos secretários de Governo (Interior), Marinha, Defesa Nacional, Segurança Pública e pelo procurador-geral.

Chihuahua, onde se encontra a fronteiriça Ciudad Juárez, foi durante 2008 o estado mais violento do México e culpado por boa parte dos assassinatos cometidos este ano no país."

Fonte:
http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/03/01/soldados+chegam+a+ciudad+juarez+no+mexico+para+por+fim+a+violencia+4413903.html

Ao contrário do que se pensa, não é só no Brasil que a violência gerada pelo narcotráfico obriga o governo a tomar medidas mais drásticas na tentativa de conter o número de vítimas.

No caso do México, o número de mortos pelo tráfico e o crime organizado só neste começo de 2009 (segundo dados do Jornal El Universal), já ultrapassaram mil. E isso não só engloba os envolvidos no trafico, mas de seus familiares e pessoas que infelizmente estavam na hora errada e no momento errado. Se você desejar se interar mais sobre o assunto, clique aqui ou aqui.

O caso no interior do México chama a atenção não só pelos números, mas por muitos dos fatos que se ouve e se lêem na mídia lembrarem casos que nós já cansamos de ver em várias cidades brasileiras onde atuam o trafico de drogas e o crime organizado.

Agora, diante da situação caótica, o governo mexicano manda soldados para tentar conter a violência, ação também já tomada pelo governo brasileiro há alguns anos atrás, em um morro do Rio de Janeiro.

Criticada por alguns, louvada por outros, o fato é que quando se põe o Exército de um país a fim de conter um conflito urbano, significa que a situação chegou ao seu auge, e que o próprio Estado está fragilizado, necessitando de forças de guerra para combater um problema que certamente surgiu como conseqüências de desigualdades sociais e de um descaso em relação às populações humildes.

Isso, com certeza, será uma ferida que ainda irá doer, até que seja devidamente tratada e cicatrizada. O complicado é que, nós sabemos, sempre há as pessoas de bem, que no meio desse fogo cruzado acaba pagando das maneiras mais injustas.

E você, é contra ou a favor da interferência do Exército em questões como essa, mesmo que pareça ser a única saída à curto prazo?

Danilo Moreira

FOTO:
http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2009/02/apreensao-drogas-exercito-mexicano-2-foto-sedena.jpg


4 comentários:

Kyone Akami disse...

se é a única saída a curto prazo... tem q fazer isso msm.

Serena disse...

Menino eu não sabia dessa do México não pra mim é novidade e triste, a gente fica tão focada na nossa prória violência no Brasil e se esquece que esse tipo de coisa acontece em todo mundo, mas fiquei surpresa de no México estar assim, tomara que tudo se resolva por lá.


http://messnatural.blogspot.com/

Wander Veroni disse...

Oi, Danilo!

Já vi alguns filmes sobre a violência no México, principalmente por causa do tráfico de drogas e corrupção policial. Lá a coisa tá feia...me lembra muito o Rio de Janeiro onde o poder paralelo manda. Tomara que o Exército dê conta.

Abraço

Diego Moretto disse...

É complicado opinar, pq no México de uma lado temos a Guerrilha que mantém o narcotráfico, a Guerrilha Zapatista, civis, polícia...tudo misturado. O exército pode ao mesmo tempo resolver ou piorar o problema, criando uma guerra sangrenta. É verno quevai dar, pq pelo visto não se sentou e conversou sobre tudo oq pode rolar. Como sempre acontece.

Abraço camarada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...