domingo, 28 de fevereiro de 2010

Ponto Retrô - A História de Pica-Pau


Agora, mais uma novidade no Ponto Três.

Estréia aqui o Ponto Retrô, um espaço dedicado a produções do passado e que marcaram ou ainda marcam história por aí.

Hoje iremos falar de um personagem clássico de desenho animado que, ao meu ver, é o mais maluco de que se tem notícia.

Criado em 1940 por Walter Lantz, o Pica-Pau (Woody Woodpecker) surgiu como figurante em um episódio do desenho Andy Panda (na época exibido em curta metragens), de nome "Knock Knock”. O roteiro fora escrito por Ben Hardaway, que também co-dirigiu o primeiro desenho do Pernalonga. O episodio desagradou a Universal que por muito pouco não o proibiu de ser executado, porém ele acabou sendo um grande sucesso.

E em 1941, nasce o primeiro desenho Woody Woodpecker, com a sua gargalhada inconfundível, criada incialmente pelo ator Mel Blanc. Segundo o site Infantv o episódio de estréia foi o clássico onde os animais da floresta dizem para Pica-Pau que ele estava louco e que precisava procurar um médico.

Sua estréia na tv ocorreu em 03 de outubro de 1957, na emissora americana ABC, sob o titulo de “The Woody Woodpecker Show”, se consagrando como um grande sucesso de Walter Lantz. Outros personagens surgem especialmente para o desenho, como Leôncio, Meany Ranheta, Zé Jacaré, entre vários. A partir de 1970, passa a ser exibido pela NBC com alguns episódios censurados e reeditados, onde ficou até 1972, quando por problemas financeiros, o estúdio de Walter Lantz acabou sendo fechado, vendendo seus desenhos para uso da Universal, que em 1988 fez um novo “Woody Woodpecker Show”. No mesmo ano, também apareceu no filme “Uma Cilada para Roger Habbit” e num comercial da Pepsi em 1995.

Depois, ficou alguns anos sumido, quando para a felicidade dos fãs, reaparece em novos desenhos, produzidos entre 1999 e 2002 pela Universal e exibidos pela Fox Kids, totalmente reformulado (voltando ao visual de 1947) e até com alguns personagens mais antigos repaginados como a Meany Ranheta (agora Srta Meany, de cabelo ruivo e corte channel), o Leôncio e novos personagens, como o gavião Tweaky, o Doutor Lelé e o texugo com dentes enormes que sempre diz: "Oi, meu chapa!". E este Pica-Pau tem casa fixa (ainda que alugada e de propriedade da Srta Meany), é escocês e vizinho de Leôncio.

Segundo o site Imaginebirds, o Pica-Pau foi o primeiro desenho animado exibido na televisão brasileira. Estreou na extinta Tv Tupi um dia após a sua inauguração, em 1950. Naquela época os desenhos eram exibidos no áudio original, já que a dublagem em português só surgiu em 1957. A Tv Record foi a primeira emissora a exibir, nos anos 1960, o desenho dublado em português. Algum tempo depois fora do ar, reaparece no programa Domingo no Parque exibido pelo SBT no inicio dos anos 1980, e dentro da emissora permaneceu por mais de 20 anos, até que em 2002 passa a ser exibido na Tv Globinho (Tv Globo), permanecendo por pouco tempo até voltar para a Tv Record em 2006, 40 anos depois, onde está até hoje, geralmente exibido aos domingos e praticamente todas as temporadas.

As características bizarras e o temperamento psicótico dos primeiros anos de Pica-Pau já foram alvo de censura em algumas emissoras e países, já que em muitos desenhos Pica-Pau fazia da vida dos personagens um verdadeiro inferno, além de utilizar instrumentos como facas, revólveres, bombas, e cometer diversos atos até criminosos, que eram vistos como verdadeiro mau exemplo para o público infantil. Isso fez com que ele sofresse diversas alterações na sua característica física e temperamento ao longo dos anos, passando a ter um comportamento mais “certinho” e características mais adocicadas, como observamos em alguns desenhos da década de 70 (mais ou menos na fase onde ele tinha o cavalo Pé-de-Pano). Porém, sua irreverência e humor sempre garantiram o seu sucesso, sendo reverenciado até hoje por fãs de todas as idades há quase 70 anos.

E esse foi o Ponto Retrô. Em breve, mais novidades retrô no Ponto Três.


Danilo Moreira


PS: O assunto Pica-Pau não termina por aqui. Em breve, na sessão Curiosidades, mais informações sobre o desenho, como músicas, bordões, quem é Walter Lantz, os dubladores e muito mais!

Gostou do blog? Então, não o perca de vista! Assine o feed, adicione nos seus favoritos ou seja um seguidor. Obrigado pela sua visita no Ponto Três!


FONTES:
http://retrotv.uol.com.br/picapau/index2.html

http://www.infantv.com.br/picapau.htm

http://forum.outerspace.terra.com.br/showthread.php?t=201063

http://forum.imaginebirds.com/topic/1893-desenhopica-pau-globo-sbt-record/


FOTO:
http://4.bp.blogspot.com/_uWBnmoikLBs/ShmrJ6rxV3I/AAAAAAAAAf8/sZEyz0biE
7c/s400/Woody-woodpecker-title-card_1_.jpg (blog eduexplica)

3 comentários:

Marcelo A. disse...

Cara, parece loucura, mas eu adoro esse episódio do Pica-Pau em que ele vai procurar o psiquiatra. É aquele primeiro Pica-Pau ainda, com jeito de maluco, com aquelas pernas "depenadas". Caraca! Taí um personagem que resiste ao tempo. Meus pais assistiram, eu assisti e essa garotada que tá aí, assiste, firme e forte...

Manda mais, Danilão! Tô ansioso pra saber mais sobre o Pica-Pau!

Abração!

Rafael disse...

Mas é claro que o Pica-pau é louco, por isso que fiquei assim, foi de tanto assistir...

Diego Moretto disse...

Pica-Pau fez parte da minha e da infância de muitos brasileiros por aew. É um desenho clássico, e que já arrancou muitas e muitas gargalhadas minhas, rs. Porém não gosto muito da última versão, que vc citou, prefiro a antiga, bem mais engraçada.

Obrigado por comentar em meu blog, espero que agora eu volte pra valer. Quanto ao álbum do kings of Leon, é de 2008, não 2009. Quase entrou no meu top ten do ano passado, mas não rolou, hehehehe.

Abração!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...